Oncohematologia

Pesquisa da Mutação D835 no Gene FLT3- LMA

Outros nomes: GENE FLT3, PESQUISA DA MUTAÇÃO D835, PESQUISA DA MUTAÇÃO D835 NO GENE FLT3- LMA, LMA,LEUCEMIA MIELÓIDE AGUDA, DIT FLT3, MUTAÇÃO FLT3-DIT
Ler mais

Doenças

  • Neoplasias Hematológicas;

Prazo

Em até 5 dias úteis

Cobertura ANS

Este exame possui Cobertura da ANS.

Regiões / Genes Analisados

0 regiões / genes

Agendar via whatsapp
O que é o exame?

Mutações pontuais no gene FLT3 acometem a alça de ativação do segundo domínio quinase, e a mutação mais comum resulta da substituição de um resíduo de acido aspártico na posição 835 do éxon 20 (anteriormente conhecido como éxon 17) por um resíduo de tirosina (D835). A mutação do tipo FLT3-D835, também conhecida por FLT3-TKD, foi descrita em cerca de 5%-10% dos pacientes com LMA e tem sido relacionada a um prognostico desfavorável. Na presença das duas alterações em FLT3, a baixa incidência (1,7%) relatada dificulta a avaliação do valor clinico; no entanto, o prognostico desfavorável parece prevalecer e estudos in vitro sugerem o desenvolvimento de resistência a terapias convencionais e especificas para o receptor.

Para que serve este exame?

Avaliação de prognóstico em LMA

Voltar ao Topo