Oncologia

FISH Para o Gene RET - Translocação 10q11.21

Outros nomes: 10Q11.21 (RET), Pesquisa da translocação 10q11.21, Gene RET por hibridização in situ fluorescente (FISH),Fish para RET - Translocação 10q11.21, Pesquisa da translocação 10q11.21 no tumor, RET, Proto-oncogene RET, translocações envolvendo a região 10q11.21, Carcinomas papilares da tireoide, Adenocarcinoma de pulmão, Tratamento alvo com supressores de receptores tirosinoquinase
Ler mais

Doenças

  • Adenocarcinoma de pulmão;
  • Carcinomas papilares da tireoide;
  • Escolha de Tratamento para Neoplasias Malignas Diversas;
  • Pacientes responsivos a tratamento alvo com supressores de receptores tirosinoquinase;

Prazo

Em até 18 dias úteis

Cobertura ANS

Este exame não possui Cobertura da ANS.

Regiões / Genes Analisados

1 regiões / genes

Agendar via whatsapp
O que é o exame?

Este exame é capaz de identificar translocação cromossômica na região 10q11.21, que envolve o gene RET, através da técnica de FISH. Essa translocação pode ser identificada em cerca de 1 a 2% dos casos de Câncer de Pulmão de Não Pequenas Células (CPNPC) com padrão histológico de adenocarcinoma. No Carcinoma Papilífero de Tireoide (CPT) esporádico, a fusão do gene RET é encontrada em cerca de 20% dos casos. Sendo que essa alteração tem valor preditivo, determinando melhor resposta terapêutica aos inibidores de Tirosina Quinase.

Para que serve este exame?

Este exame está indicado em pacientes com diversos tipos de tumores para auxiliar na definição terapêutica.

Voltar ao Topo