Blog

Voltar

Exoma Completo: Sobre o exame e as doenças genéticas associadas

O exoma completo contribui para o diagnóstico preciso de doenças raras e genéticas.

O que é exoma completo?

O exoma completo é o exame que analisa todas as regiões codificadoras do genoma humano, com o objetivo de identificar variantes que possam estar relacionadas com a doença do paciente.

O DNA humano é composto por 46 cromossomos (23 vindos do pai e 23 vindos da mãe) que guardam todas as informações genéticas referentes àquele indivíduo, desde suas características físicas, o perfil metabólico, até a presença de variantes que causam as doenças genéticas e hereditárias.

Cada cromossomo é uma fita de DNA no formato dupla hélice que, quando muito condensada, apresenta o formato de “X”. Essa fita de DNA é composta por uma sequência de letras A, C, T, G, que são compostos orgânicos, chamados bases nitrogenadas, onde  o A é a adenina, o T é a timina, o C é a citosina e o G é a Guanina. Ao todo, o DNA  humano apresenta 3,2 bilhões de pares de base, ou seja, 3,2 bilhões de letrinhas distribuídas ao longo dos cromossomos.

As fitas de DNA possuem regiões codificadoras e regiões não codificadoras. As regiões codificadoras, chamadas Exons, são funcionais e permitem a transcrição de proteínas. Ao todo, são 180.000 exons que constituem 22 mil genes. O conjunto de todos os exons do DNA é chamado Exoma; As regiões não codificadoras participam da regulação e controle da expressão gênica. O conjunto das regiões codificadoras e não codificadoras totalizam o DNA, sendo chamado de genoma humano. 

É comum que essa sequência de letras apresente alguma variante. Em média, cada pessoa apresenta 40 mil variantes em seu DNA. Essas variantes não são patológicas e não trazem nenhum dano para sua saúde, apenas tornam cada pessoa diferente uma da outra. Entretanto, há determinadas variantes que podem resultar em síndromes e quadros clínicos patológicos. 

O papel do Exoma Completo é sequenciar todas as letras do exoma, identificando variantes que podem ser patológicas e estar relacionadas ao quadro clínico do paciente, contribuindo para um diagnóstico preciso. 

Para que serve o sequenciamento do exoma completo?

O exoma é o conjunto de todas as regiões codificadoras (exons) do DNA humano. Embora o exoma represente apenas 1,5% do genoma humano, essa pequena quantidade é de extrema importância, pois a grande maioria das doenças genéticas está relacionada com mutações nos éxons. 

O sequenciamento do exoma completo é um teste genético de alta complexidade que sequencia e analisa 180.000 éxons, em quase 22.000 genes. Seu objetivo é buscar variantes que podem estar associadas ao quadro clínico do paciente, contribuindo para o diagnóstico preciso de doenças raras e genéticas.

Doenças genéticas associadas à alterações no exoma

O exoma representa apenas 1,5% do DNA total. Entretanto, essa pequena quantidade é de grande importância, pois é responsável por 85% das mutações patológicas. Dessa forma, não é necessário escolher apenas um gene alvo, pois com este único exame é possível sequenciar todos os éxons, em quase 20.000 genes. O sequenciamento do exoma completo pode contribuir para um diagnóstico preciso e um direcionamento assertivo para o tratamento de:

  • Síndromes genéticas sem hipótese diagnóstica;
  • Doenças genéticas que podem ser causadas por genes diferentes;
  • Quadros inespecíficos de erros inatos do metabolismo;
  • Conjunto de múltiplos sintomas sem uma hipótese diagnóstica.

Além disso, este exame está indicado para:

  • Pacientes com fenótipo ou histórico familiar que sugerem uma forte etiologia genética, mas sem resultados conclusivos;
  • Pacientes que apresentam uma doença genética definida mas com alto grau de heterogeneidade genética (múltiplos genes), tornando a análise um teste mais prático;
  • Pacientes que apresentam um provável distúrbio genético, mas outros testes genéticos foram negativos ou inconclusivos.

Qual a diferença do exoma completo e os demais exames?

As variantes genéticas são muito diferentes entre si. Existem aquelas que são mais estruturais, envolvendo duplicação ou deleção de cromossomos inteiros; existem aquelas que são menores, envolvendo deleções ou inserções de pequenos trechos de um cromossomo, e existem aquelas que são pontuais, envolvendo a troca de uma única letra (par de base) no cromossomo. 

Da mesma forma, os exames genéticos diferem entre si, sendo capazes de identificar mutações maiores ou menores. Atualmente, não existe um único exame capaz de detectar todos os tipos de mutação. Cada exame será focado em rastrear um “tamanho” de mutação:

  • Os exames de citogenética são capazes de identificar as grandes alterações cromossômicas.
  • Os exames por MicroArray são capazes de identificar mutações menores, envolvendo pequenos trechos de um cromossomo.
  • Os exames de sequenciamento do DNA são capazes de identificar mutações pontuais, de uma única letra. 

A gravidade de uma síndrome não está relacionada ao tamanho da região que foi afetada pela mutação. Mutações envolvendo uma única letra podem causar síndromes tão complexas quanto as mutações envolvendo grandes alterações cromossômicas. Dessa forma, não existe um exame genético que seja melhor ou mais importante que outro. Existe o exame genético mais indicado para cada caso clínico. 

Diante do cenário de cada paciente, considerando sintomas, características e histórico familiar, o médico geneticista vai identificar as mutações patológicas que podem estar associadas àquele quadro clínico, e solicitar o exame mais adequado para confirmação daquela hipótese. 

Para o cenário de sequenciamento NGS, a GeneOne oferece os exames Exoma Completo e Genoma Completo. A diferença entre eles está na região estudada e quantidade de genes avaliados:

  • Exoma Completo – sequencia 180.000 exons, avaliando quase 20.000 genes.
  • Genoma Completo – sequencia todo o genoma humano, avaliando todos os éxons e as regiões não codificadoras do DNA.

Além disso, a GeneOne oferece exames que permitem ao médico padronizar um painel específico de genes segundo as necessidades e requerimentos do especialista:

  • Sequenciamento de Gene Único por NGS – sequencia um único gene.
  • Painel Multigênico Personalizado (NGS) – sequencia genes específicos.
Qual a diferença do exoma completo para outros exames?
Tabela de comparação.

Qual a metodologia do exame exoma completo?

O exoma completo pode ser realizado através de uma amostra de sangue ou saliva. A metodologia utilizada no exame é o Sequenciamento de Nova Geração (NGS):

  1. O DNA é extraído da amostra biológica (sangue ou saliva);
  2. A biblioteca é preparada pelo método de enriquecimento, seguido de captura dos alvos;
  3. A biblioteca é submetida ao sequenciamento de nova geração (NGS). A região alvo inclui o DNA codificante (CDS) e os sítios de splicing, visando uma cobertura vertical média de 100x;
  4. A análise de Bioinformática é realizada utilizando plataforma previamente validada, com base em versão atualizada do genoma humano, sendo capaz de detectar variantes de base única (SNVs) e pequenas inserções e deleções (indels);
  5. A seleção dos genes analisados e a interpretação são orientadas pelo pedido médico e pelas informações clínicas relatadas;
  6. Classificação e interpretação das variantes identificadas refletem o conhecimento científico atual e poderão mudar com a disponibilidade de novos dados científicos.

Preços e valores do exame

A GeneOne é o laboratório de genômica especializado em medicina de precisão. Utiliza recursos tecnológicos de ponta e de última geração para permitir o diagnóstico assertivo. Os exames são realizados por uma equipe integrada, formada por médicos geneticistas, bioinformatas, especialistas em biologia molecular e citogenética. 

Nosso portfólio inclui exames moleculares previstos pelas diretrizes da ANS. Além disso, oferecemos ao médico prescritor todo o apoio, desde o momento da escolha do exame até sua interpretação através do núcleo de assessoria médica, o NAM.

Oferecemos, através do nosso agendamento, coleta domiciliar gratuita. 

Para agendamento, preços e mais informações, acesse o link e fale diretamente com nosso time de atendimento especializado via whatsapp.

Saiba mais sobre o exame de sequenciamento do exoma completo

Publicado por: Equipe Geneone

Compartilhar

Voltar ao Topo