Voltar

Farmacogenômica

27 de Março de 2020

A farmacogenômica é o estudo de como a variabilidade genética altera a forma com a qual cada indivíduo responde a um medicamento. Um bom teste farmacogenômico é capaz de ajudar os médicos a obter um maior índice de sucesso terapêutico nos tratamentos prescritos. Além disso, outro benefício é a diminuição dos efeitos colaterais, pois ao ajustar a dose prescrita ao perfil metabólico de cada organismo, a melhor tolerância passa a ser uma consequência. 

Cada ser humano reage de uma forma específica aos medicamentos. A farmacogenômica tem por objetivo principal prever esse padrão individual, possibilitando aos médicos tomar decisões quanto a ajustes de dose ou até mesmo de substituições antes mesmo que os pacientes comprem ou consumam o remédio.

Como funciona a farmacogenômica?

O tratamento dos genes para análise medicamentosa passa por:

  • Coleta de sangue ou saliva
  • Análise do material genético em laboratório
  • Laudo médico

Assim que a análise é realizada, o laudo estará disponível na plataforma de resultados da GeneOne, e poderá ser utilizado por seu médico responsável para identificar o tratamento mais adequado ao seu metabolismo, a fim de otimizar a resposta ao tratamento e diminuir os efeitos colaterais.

Voltar ao Topo